Contos Eróticos
 Corno
 Depois dos 50
 Estrupro
 Fetiches
 Gay
 Heterosexual
 Incestos
 Interraciais
 Lésbicas
 Orgias
 Sadomasoquismo
 Teens
 Travestis
 Virgens
 
Aumento Peniano - Tensordin.Net
Aumento Peniano Natural
 

Energérico Potenergic
 
Acompanhante de Luxo Meligue.Net
Acompanhantes de Luxo
   
Contos Eróticos de Incestos
Padrasto tarado
Total de Visualizações: (2281)
 
 
Bom primeiro quero me apresentar: sou casado pela 2a. vez, pois era viúvo há 3 anos. Esta minha 2a. mulher tinha 1 filha na epoca com 6 anos para 7. Ela veio morar conosco. Linda, uma princesa! Eu logo me apeguei muito a ela, pois nunca tive filhos, mas era um sentimento paterno mesmo. Sentia-me com seu verdadeiro pai e ela sempre grudada comigo. Minha mulher nunca ligou muito para a filha, no começo de nosso relacionamento , minha mulher era um espetáculo na cama e eu sempre fui muito tarado ( tenho ascedencia turca) meu sangue é quente.... pois é , coisas da vida.... minha esposa foi ficando cada vez mais fria comigo, virou evangélica e eu sempre numa seca danada!
Até arrumei uns galhos, mas nada que abalasse nosso casamento... e minha enteada crescendo a cada dia, linda como nunca! Um corpo de mulherzinha perfeita pra minhas fantasias! Ah! quantos sonhos, qtas punhetas bati por ela!
Só que eu achava que nunca conseguiria nada com ela, pois tenho mais de 50 anos e ela está agora com 21 ! Mas na verdade qdo ela tinha uns 16 anos, já comecei a lhe ensinar umas brincadeiras de adulto, como sempre me referi as tais perversidade de minha cabeça... eu ficava deitado no sofá assistindo TV à noitinha e minha esposa já havia saído para o culto na igreja dela... e eu só ali pensando e vendo aquela coisinha linda desfilando na minha frente... só de shortinho bem curtinho mostrando toda a sua polpa e sua xaninha que ja despontava bem gordinha... eu ficava louco de tesão, mas sempre tive o maior respeito por ela! Até que um dia ela veio se deitar comigo no sofá e ficamos deitados de conchinha, eu por trás dela e o meu pau já latejando por baixo do meu pijama... e ela nem desconfiava de nada, continuava me perguntando várias coisas, curiosidades tipicas de uma adolescente ou uma jovenzinha no frescor de sua feminilidade! Eu cada vez mais me aproximava dela por trás e de vez em qdo ela dava uma rebolada mas sem más intenções é c laro! Eu ia fungando no pescoço dela e, a uma certa hora pus minhas mãos em suas coxas, ela ficou meio assustada, mas eu disse : deixa o painho te fazer um carinho... tá? ela só balbuciou: hum.... e ficamos assim até que depois consegui enfiar minha mão pela lateral do seu shortinho, sempre na maior delicadeza para não assustar a pobrezinha e, pousei minha mão sobre sua xaninha gordinha e começei a massageá-la por cima da calcinha dela que era minuscula e ficava toda enterrada nela. Massageava e suspirava, ela olhou para trás e me disse: hum to sentindo uma coisa gostosa, um calorzinho bom...eu disse: é filhinha hoje vc vai ficar muito mais feliz ainda, e só ficar bem boazinha pro painho, tá? e ela : hum, hum... e eu massageando sua bucetinha que já começava a melar minha mão! Não tive dúvidas, puxei sua calcinha para o lado e começei a fazer carinhos no seu grelinho, ela foi a loucura! Qdo quiz tirar a mão e parar um pouco com toda aquela situação, ela segurou minha mão e disse: não para por favor, quero mais carinho. Olhei pra ela e respondi: hoje vc vai deixar de ser essa menininha pra ser a minha coisinha gostosa! Logo fui enfiando meu dedo médio que grosso nela e fui simulando uma penetração... ela super apertada e pedindo : quero mais painho, sempre quero mais painho e eu fui enfiando um dedo, dois dedos até que deitei por cima dela e começei a beijar e sugar-lhe aqueles peitinhos lindos, durinhos que nunca ninguem tinha posto as mãos! Que maravailha !
Beijei, lambi seu corpinho todinho, enfiei minha lingua na xaninha dela e disse: agora o painho vai te dar uma coisa bem gostosa, viu filhinha e ela assustada de novo disse: ainda tem coisa mais gostosa do que isso que estamos fazendo?
Sim, meu amorzinho. E tirei meu cacete que estava enorme, todo duro de tanto tesão e mostrei a ela e disse: fique calma só vou meter qdo vc deixar, não precisa ficar nervosa. E ela só me disse: hã?! qdo ela mal falou isso eu já estava com a cabeçona dele na entradinha dela e fui forçando, forçando a passagem daquela coisa enorme naquela coisinha miudinha, toda molhadinha piscando de tesão! E fui empurrando meu pirocão, empurrando cada vez mais e ela sempre resmungando algo que a essa altura eu já nem conseguia ouvir, só estava focando a entrada naquela grutinha linda... até que ela soltou um gemido mais forte e, pronto! Tava todo ele dentro dela. Olhei pra ela, e começei a bombar suavemente e falando umas sacanagens no ouvido dela, e fui bombando num ritmo cadenciado e, bombando, bombando e fui aumentado o ritmo até que começei a estocar como um louco, já sentindo que ela tava toda arregaçada, não teria mais volta! Agora era só comê-la como sempre sonhei, e meti, meti até me acabar... qdo vi que a coisa tava vindo, tirei meu pau e gozei na barriga dela.... e ficamos assim nos lambuzando por um bom tempo ... depois nos levantamos e fomos tomar um banho, aliás eu é que tive que dar banho nela, pq ela estava sem forças praticamente, era a primeira foda dela e eu a comi muito, minha pegada é forte, qdo fico teso, perco o controle e meto como um animal mesmo... acho que ela ficou um pouco assustada, mas pedi desculpas a ela e disse que da proxima vez não será assim tão forte a minha pegada e, para minha surpresa ela me disse: vc não tem do que se desculpar, foi ótimo, gostei muito e quero repetir a dose logo, qdo minha xaninha parar de sangrar um pouco... mas isso conto na próxima vez... me aguardem...
Autor: Padrasto apaixonado
•••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••
Comentários
 
Perfumes Afrodisíacos Acompanhantes SP Loja de SexShop
Perfumes Afrodisíacos Fantasias Eróticas Loja SexShopClub
Contos Pornô