Contos Eróticos
 Corno
 Depois dos 50
 Estrupro
 Fetiches
 Gay
 Heterosexual
 Incestos
 Interraciais
 Lésbicas
 Orgias
 Sadomasoquismo
 Teens
 Travestis
 Virgens
 
Aumento Peniano - Tensordin.Net
Aumento Peniano Natural
 

Energérico Potenergic
 
Acompanhante de Luxo Meligue.Net
Acompanhantes de Luxo
   
Contos Eróticos de Fetiches
Gozando no ônibus
Total de Visualizações: (1781)
 
 
Ola a todos, sempre leio os contos aqui e, agora resolvi enviar uma de minhas aventuras, que aconteceu nesse carnal num ônibus entre Olinda e Recife. Tenho 24 anos, sou morena clara, 1,58m, 61 KG, olhos e cabelos castanhos, tenho um corpo proporcional mas, minha bunda é grande, empinada e sempre chamo atenção onde passo. Bem, vamos ao conto... Eu moro em Recife e gosto muito de curtit o carnaval, adoro ir para as ladeiras de Olinda durante os dias de carnaval, pular frevo e beijar na boca, quem é da regiao sabe que tem muita gente por la e, na hora de vir embora os ônibus ficam lotados e, este dia eu fui com minha prima, pulamos o dia inteiro e quando chegamos no ponto do ônibus, havia muita gente esperando, quando o ônibus chegou, minha prima conseguiu subir rapido e foi para parte dianteira do ônibus, eu fiquei mais ou menos na metade e, junto de mim havia um grupo de pessoas, estao em 5 e, falavam o tempo toda da festa e tudo mais, naquela animação, o ônibus começou a andar e era impossivel nao sentir os corpos vizinhos, entao eu percebi que atras de mim, estava um dos rapazes do grupo que era mais alto que eu, olhei disfarçadamente e percebi que ele estava de sunga de praia e que tinha um volume enorme, minha bucetinha ficou molhada na hora e, sem pensar duas vezes comecei a roçar minha bunda na perna dele, ele pareceu nao notar duranter uns 5 minutos mas, depois comecei a sentir o volume do pau dele na minha bunda fui rebolando e me aproximando, ate que o pau dele tava enfiado no meu requinho, por cima da saia que eu usava, ele estava querendo ver meu rosto mas, eu ficava com a mior cara de santa e, parece que ele avisou aos amigos dele, quando o ônibus parou para subir e descer passageiros, ficou vaga uma cadeira na minha frente e, um dos amigos dele a ocupou, dai ele voltou a posiçao anterior, dentro meu reguinho, eu fiquei com a buceta encharcada e olhava pela janela, ate que numa freada mais brusca minha xana encostou no ombro do amigo dele e, ele olhou para mim e exclamou: Nossa, ta molhadinha! Fiquei meio encabulada mas, esqueci quando ele esticou um braço fingindo que segurava o ferro do banco da fernte e dobrou o outro braço, pondo a mao bem na altura da minha xana, tocando ela por cima da minha roupa, de acordo com o balanço do onibus, atras o amigo dele começou alisar minha saia e foi puxando ela para cima, como era curtinha, ele levantou toda a parte de tras e deu um jeito de acariciar meu cuzinho e xaninha, fiquei louca, estava quase gozando qdo o onibus parou mais uma vez, ele teve que tirar os dedos, quando o onibus voltou a andar ele recomeçou mais dessa vez ao inves dos dedos ele pos a cabeça do pau na portinha do meu cu, entao o onibus começou a balançar forte e ele nao aguentou e gozou, minha bunda ficou toda molhada e minha bucetinha piscava de tesao, o cheiro de sexo se espalhou pelo onibus e, nessa o amigo dele percebeu o que tinha acontecido e deixou o ombro mais ou menos na altura da minha xana, eu com a buceta molhada, louca de tesao e a bunda cheia de gozo, comecei a me esfregar no ombro dele e gozei em menos de um minuto, minhas pernas ficaram bambas de tanto tesao e algumas pessoas notaram no onibus, porque cheguei a suspirar de prazer. Foi chegando a minha parada e eu fui tentando andar para frente do onibus mas, o rapaz que havia `emprestado` o ombro para eu gozar, foi andando atras de mim e certa hora, aproveitando uma freada brusca, encaixo o pau na minha bunda, tava duro e quente, ele sussurrou no meu ouvido que queria tocar minha xana e sentir o gosto dela, fiquei louca de tesao mas, respondi que ja ia descer, entao ele rapidamente meteu o dedo por baixo da saia e por cima do meu fio dental, eu suspirei e fiquei molhada de novo, ele fastou minha calcinha e dedilhou meu grelo e eu comecei a gozar em segundos, rebolando minha bunda, no pau dele, duro e quente, o ônibus parou e eu tive que descer, nem olhei para tras, pq sabia que o pessoal tinha notado e estava vendo minha saia toda molhada de gozo. Ate hj quando lembro disso minha buceta fica ensopada. Beijos, me escrevam se quiserm mais detalhes, espero que tenham gostado. Xau a todos


Autor: desconhecida
•••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••
Comentários
 
Perfumes Afrodisíacos Acompanhantes SP Loja de SexShop
Perfumes Afrodisíacos Fantasias Eróticas Loja SexShopClub
Contos Pornô